Instituto Cinema em Transe cria portal para o mercado audiovisual

Em parceria com a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, o site www.acfa.com.br, da ACFA – Agência de Conteúdo e Formação Audiovisual, já está no ar para acesso e utilização gratuita por autores, produtores e canais de TV.

O projeto é uma iniciativa inovadora que visa democratizar a entrada de novos agentes e autores na economia criativa audiovisual, em operações totalmente via web.

Os autores podem inscrever seus projetos de cinema, TV, web e games no site para que produtoras e canais tenham acesso e, caso haja interesse, entrem em contato com o autor para negociar a aquisição da obra.

Visando a qualidade técnica e artística dos projetos, a ACFA oferece ainda uma série de videoaulas com profissionais renomados do mercado, sobre como escrever roteiros para cinema, séries de TV, e como formatar projetos para os canais.

Lançamento do livro DOCTV no Festival de Gramado

O 40º Festival de Cinema de Gramado promoveu o lançamento do livro DOCTV – Operação de Rede.

As colaboradoras do livro Ivonete Pinto e Susana Schild durante o lançamento em Gramado, no Rio Grande do Sul

Lançamento do livro DOCTV na Cinemateca Brasileira

O Instituto Cinema em Transe e a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura promoveram o lançamento do livro DOCTV – Operação de Rede na Cinemateca Brasileira de São Paulo, com a presença de representantes da SAv, do editor e presidente do Instituto Cinema em Transe, Hermes Leal, da organizadora do livro, Maria do Rosário Caetano, dos exs-Secretários do Audiovisual, Newton Cannito e Silvio Da-Rin, e dos colaboradores do livro Ismail Xavier, Neusa Barbosa e Lúcio Vilar.

A Secretária do Audiovisual, Ana Paula Santana, realizou seu discurso para o lançamento do livro através de uma mensagem gravada em vídeo que foi exibida na sala do debate, na Cinemateca. A Secretária não pode comparecer devido à compromisso interministerial de força maior.

Equipe do Livro DOCTV – Operação de Rede na Cinemateca Brasileira

 

Debate sobre o livro DOCTV no lançamento na Cinemateca, com Silvio Da-Rin, Maria do Rosário Caetano e Newton Cannito

 

Exposição dos livros aos convidados e participantes do lançamento na Cinemateca Brasileira

 

 

 

 

 

Instituto vai publicar livro sobre programa de maior sucesso do Ministério da Cultura

O livro DOCTV – Operação de Rede relata a história do programa de maior sucesso desenvolvido pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura. Cataloga os 196 documentários produzidos pelo programa, ilustrado com fotos, sinopse, currículo do diretor e ficha técnica, que compõem as edições brasileiras, latino-americanas, além da Colômbia e de Língua Portuguesa.

Instituto Cinema em Transe colabora com o cinema cultural brasileiro

O livro ABD 30 Anos, sobre a Associação de Brasileiras de Documentaristas, compõe, através de depoimentos de três gerações de associados da instituição (os pioneiros, a geração 80 e a turma que desde os anos 90 até os dias atuais dinamiza 21 ABDs regionais e a ABD Nacional), painel polifônico, com a memória histórica e afetiva de cerca de cem pessoas. O objetivo do livro é documentar o trabalho da associação que vem formando várias gerações de cineastas brasileiros. E resgata a importância da ABD como parte da história do cinema.

O papel do roteiro e do roteirista no cinema brasileiro

2º FÓRUM DE PRODUÇÃO DE CINEMA

Realizado em 2009, em parceria com o Senac SP, o Fórum de Produção de Cinema reuniu representantes dos principais órgãos do audiovisual, governo, cineastas, produtores, distribuidores e exibidores e iniciativa privada, que debateram em dois dias o cenário e as perspectivas do audiovisual brasileiro.

Esses debates foram realizados no 2º Fórum de Produção de Cinema, realizado pelo Instituto Cinema em Transe, Revista de CINEMA e Senac, em São Paulo, nos dias 3, 4 e 5 de novembro, que este ano se dedicou somente à causa do roteiro e dos roteiristas, no sentido de aprofundar realmente o assunto, com tema “O Roteiro e a Criação no Cinema, TV e Outros Meios”. O evento também contou com a presença dos principais roteiristas do país, como Bráulio Mantovani (“Cidade de Deus”), Carlos Gregório (“Se Eu Fosse Você”), Carolina Kotscho (“Dois Filhos de Francisco”) e Marcos Bernstein (“Central do Brasil”).

Plateia no auditório do Senac SP participam de debate sobre o roteiro e seu mercado

Bráulio Mantovani e Carolina Kotscho participaram do segundo Fórum de Cinema, em 2009, focado no roteiro

Roteiristas debatem autoria e mercado

1º ENCONTRO DE ROTEIRISTAS BRASILEIROS

O instituto Cinema em Transe realizou, em parceria com o Senac SP, o Primeiro Encontro de Roteiristas Brasileiros em São Paulo, no MIS (Museu da Imagem e do Som), em 2009, e reuniu cerca de 50 roteiristas de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Recife, incluindo as instituições AR (Associação de Roteiristas) e AC (Autores de Cinema), num evento inédito no país, para discutir as questões da categoria.

O evento foi o primeiro do gênero no país e debateu o mercado de trabalho para o roteirista e a importância do roteiro no cinema, televisão, game e novas mídias.

Os mais de 50 roteiristas reunidos durante três dias de evento mostraram as conquistas realizadas nos últimos anos e apontaram novos caminhos que este setor deve desenvolver dentro da cinematografia nacional. Elas são inúmeras e a principal será a inclusão do roteirista dentro da nova Lei do Direito Autoral que será enviada ao Congresso Nacional, que inclui o roteirista com um dos autores da obra. Até agora apenas os músicos tem conseguido vitórias nesse campo. Outro avanço está sendo a quebra do preconceito que o cinema brasileiro tinha com os roteiristas, herdados do cinema novo, onde todo diretor era autor do seu próprio roteiro, e que hoje apesar de velha guarda ainda trabalhar nesse modelo, o quadro mudou. Como exemplo basta ver os maiores nomes do cinema nacional atual, como Walter Salles, Karin Ainouz e Fernando Meirelles, por exemplo filmam em cima de roteiros de terceiros.

Durante o encontro a associação de roteiristas Autores de Cinema, elegeu uma nova diretoria tendo como presidente David França Mendes e vice-presidente Marcos Lazarini. O encontro teve o apoio das duas associações de roteiristas existentes no Brasil, a AC e a ARTV, que juntas têm quase 200 associados. Os outros dois dias de debates abertos ao publico foram realizados na unidade do Senac em Santo Amaro, São Paulo.

Roteiristas reunidos em encontro inédito promovido pelo Instituto Cinema em Transe em 2009